Veja o risco das criptomoedas

O preço do bitcoin tem crescido nos últimos anos e, como veremos em seguida, a volatilidade que apresentam as criptomoedas não é apta para cardíacos.

Diante de tal subida muitos investidores estão se perguntando se é boa opção de realizar investimentos em bitcoin.

Para responder às suas preocupações, a primeira coisa é ter em mente algumas noções básicas sobre o que pressupõe a compra de bitcoin, os riscos associados e os processos de oferta mediante o “bitcoin mining”.

O que é bitcoin?

O bitcoin é uma moeda virtual, simples assim.

Em 2009, decidiu-se lançar para poder realizar operações na rede, podendo deste modo ser utilizado como meio de pagamento eletrônico.

Não é a única moeda deste tipo, existem outras mais como Amazon coin e Etherum, mas sem dúvida, é a mais popular.

A primeira característica que faz com que o bitcoin um investimento de risco é a falta de controle governamental e a ausência de um Banco Central que imprima de acordo com as condições econômicas e os níveis inflacionários.

A falta de regulamentação sobre as criptomonedas transforma-se em um investimento incerta, devido à insegurança jurídica que pesa sobre elas.

Sua produção e valor apenas se baseiam na oferta e demanda. Dentro do que é o mercado de moeda, o bitcoin é uma moeda mais instável, com oscilações arrepiantes.

Um exemplo das contribuições e o risco do bitcoin

Se tomamos um gráfico diário das cotações do bitcoin em relação ao dólar e analisar a sua evolução, concluímos o seguinte:

A moeda fechou janeiro de 2015, com um valor de us $ 217,4. Para compreender, comprar um bitcoin valia 217,4 dólares.

Um ano mais tarde, em janeiro de 2016, a moeda virtual fechou o mês a us $ 368. A reavaliação em um ano representa um 69,27%. Mas isso não é nada para o que está por vir.

Em janeiro de 2017, o valor do bitcoin situa-se na 970 dólares. A reavaliação anual é de um 163,59%.

Mas a grande subida ocorreu nestes meses atrás. O dia 1 de julho de 2017 o bitcoin alcançou os 2420 dólares.

Apesar de todo o exposto, nem tudo foram alegrias pelas subidas.

As oscilações que vem marcando em períodos diários e intradiarios fizeram do bitcoin, uma moeda que não apta para os investimentos, ficando reservada para a negociação mais agressiva.

Extrema volatilidade

Um exemplo é que o máximo foi em us $ 3.000, o dia 12 de junho.

Após alcançar essas alturas, o bitcoin caiu 20% em apenas uma jornada. Nos três dias seguintes foram sofreu até quase os 2000 dólares, para depois recuperar algo.

O trading com bitcoin não é recomendável nem para todos os traders experientes. É uma moeda que, num período de 15 minutos pode deixar o melhor trader fora do mercado.

Para especular com bitcoin, é necessário um certo nível de capital e uma gestão do risco extremo. Em muitas dessas operações, mesmo sobe-desce são, é muito fácil que um trader perder uma parte importante do seu capital.

Em uma hora simplesmente, esta moeda pode variar mais de us $ 100 em 15 minutos mais de 30 dólares, colocando à prova em cada momento, os nervos e as estratégias do negociador.

Investir em bitcoins é quanto menos é perigoso para um investidor médio que apenas pretenda valorizar as suas poupanças.

Se o mercado de câmbio tradicional já é um mercado volátil e especulativo, o fazer trading com bitcoin é levar o próprio negociação para a sua zona mais extrema. Não há que se deixar levar pela emoção das possíveis ganhos, pois as perdas podem ser ainda mais importantes.

Quais são as perspectivas de preço do bitcoin?

Como foi mencionado anteriormente, o bitcoin só depende da oferta e da procura.

Não existe nenhum fator macroeconômico que possam indicar o sentido desta moeda.

Com os bitcoins o sistema não funciona da mesma forma que o sistema monetário tradicional, no qual os Governos e os Bancos Centrais controlam a massa monetária para ter sob controle a inflação.

No mundo dos bitcoins da massa monetária funciona de uma forma muito diferente. É o que se chama de mineração de bitcoins bitcoin mining.

Bitcoin mining: matemática para criar a moeda

Este processo de mineração é realizada resolvendo problemas matemáticos competindo entre si, cada 10 minutos.
O prêmio é bitcoins, o que obriga os concorrentes a desenvolver uma potência de computação em troca de uma recompensa em dinheiro virtual. Assim, criam-se os bitcoins.

A tecnologia subjacente por trás do bitcoin é a chamada blockchain. Muitos especialistas afirmam que trará mudanças radicais em nossas vidas, mas o alcance dessas mudanças ainda está por ver. Há muito ruído informativo quanto às perspectivas do bitcoin.

Analisando a situação deste modo, parece impensável que o bitcoin chega a ser contada de um modo previsível, e muito menos que possa ser objecto de uma análise financeira sério.

Tudo depende das transações, o que é o mesmo, a oferta e a demanda. Os dados objetivos para realizar uma análise fundamental são pouco transparentes e seu futuro é incerto, porque a oferta depende em grande parte do desenvolvimento do processo de mineração.

Qual será o futuro do Bitcoin?

Existem hoje em circulação mais de 14 milhões de bitcoins e podem ser de 18 milhões em 2020, mas essa não é a questão.
As perguntas chave são:

  • Quantos bitcoins haverá em circulação, não na economia, como até agora?
  • Até que ponto usará a sociedade, o bitcoin e aumentará sua demanda?
  • Ainda assim, há uma questão mais importante: será que Existirá uma legislação que trave a produção e comercialização do bitcoin?
  • Mas em um princípio, o que um investidor deve ter sempre presente é a quantidade de riscos que apresenta essa moeda e aos quais se enfrenta.

Baixo nível de ruído muito informativo

Investir em forex tradicionais tem, já de si muitos riscos, o investidor não obtém nem interesses, nem dividendos, só depende do preço de compra e o preço de venda da moeda em questão para obter benefícios.

Com as altas volatilidade e a falta de objetividade dos fatores fundamentais, o bitcoin se torna um dos investimentos com maior risco existentes. Nesse caso, é melhor migrar para outras modalidades de investimentos, mas sempre buscando a melhor estratégia para conseguir o retorno esperado. Veja mais: estrategia para opções binarias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *