Magnésio dimalato benefícios e malefícios

Magnésio dimalato benefícios e malefícios

Quais são os benefícios e malefícios do Magnésio dimalato?

Magnésio dimalato benefícios e malefícios

Já ouviu falar do magnésio dimalato? Ele nada mais é do que a combinação do magnésio e do ácido málico, potencializando sua ação.

 

O magnésio é um mineral essencial para a vida. Ele participa do metabolismo de carboidratos, lipídeos, proteínas e eletrólitos. Sendo assim, necessário para todos os principais processos biológicos.

 

Um dos principais papéis do magnésio é regular a contração dos músculos esquelético, liso e cardíaco. Isso se dá através do transporte de potássio pelas membranas celulares, agindo como antagonista do cálcio.

 

No músculo esquelético ele atua na melhorando a função muscular, bem como coadjuvante na prevenção e tratamento da fibromialgia.

 

Nos músculos liso, tem ação de relaxante vascular, ajudando a diminuir a pressão arterial, principal causa de ataques cardíacos e acidente vascular cerebral (AVC).

 

Sua propriedade antiarrítmica, auxilia na manutenção da saúde e funcionamento do músculo cardíaco.

 

Além disso, o magnésio é importante também para a estabilidade elétrica das células, condução nervosa, entre outras funções.

 

Quando falamos em magnésio dimalato, estamos falando da melhor forma de aproveitamento do magnésio pelo organismo.

 

O magnésio dimalato é essencial para o metabolismo energético. Tanto o magnésio quanto o ácido málico, ajudam a produzir energia na forma de adenosina trifosfato (ATP). Auxiliando assim a aumentar a energia e tolerância ao exercício. Por isso os suplementos de magnésio dimalato(veja aqui) são constatemente consumidos por atletas de alto desempenho.

 

 

Principais benefícios do Magnésio Dimalato:

 

– Melhora o metabolismo energético;

– Melhora o desempenho físico;

– Ajuda na contração e relaxamento muscular;

– Auxilia no combate e prevenção de lesões musculares, câimbras e fadiga muscular;

– Fortalece o sistema imunológico;

– Auxilia no fortalecimento dos ossos e no combate a osteoporose;

– Auxilia no funcionamento cardiovascular e na prevenção de doenças cardiovasculares;

– Auxilia na redução da pressão sanguínea;

– Auxilia a reduzir os níveis de colesterol;

– Auxilia na prevenção e controle do diabetes;

– Promove o bom funcionamento do cerebral;

– Tem ação anticonvulsivante

– Ajuda a combater a depressão e o estresse;

– Ajuda na regulação do sono

– Auxilia a diminuir a insônia;

– Auxilia na redução dos sintomas da TPM;

– Estimula a regulação hormonal;

– Promove o bom funcionamento dos rins;

– Combate os radicais livres;

– Auxilia na prevenção do envelhecimento precoce

– Melhora a saúde intestinal;

– Favorece a função renal.

– É considerado um tranquilizante natural

 

 

Contraindicações e efeitos colaterais

 

Apesar de todos os benefícios ao organismo, o consumo excessivo de magnésio dimalato pode trazer consequências negativas.

 

Entre os principais efeitos colaterais estão as alterações gastrointestinais. Náuseas, dores abdominais, diarreia e flatulências, são problemas relativamente comuns do consumo em excesso do magnésio dimalato.

Isso se deve ao efeito laxante do magnésio. Apesar de não ser uma condição que afeta todos, porém, pessoas que tenham mal-estar estomacal frequente, intestino irritável ou qualquer outra condição digestiva, estão mais propensas a piorar sua condição.

 

   O consumo em excesso também pode desencadear reações alérgicas na pele e aumentar a sensibilidade aos raios UVA e UVB.

 

Devido à sua ação de absorver o cálcio, seu consumo é contraindicado para pessoas que sofram de alguma doença renal, uma vez que favorece a formação de cálculos renais.

 

Pacientes em tratamento contra a hipertensão também devem utilizar com cautela, pois o magnésio pode baixar a pressão arterial e junto com os remédios para a hipertensão, esta queda pode ser acentuada.

 

Antes de consumir magnésio junto com qualquer outro fármaco é recomendável que consulte o seu médico.

 

Principais efeitos colaterais do excesso de magnésio dimalato:

  • Náuseas
  • Dores abdominais
  • Diarreia
  • Letargia
  • Alterações no ritmo cardíaco
  • Queda da pressão arterial
  • Fraqueza muscular

O magnésio dimalato é contraindicado para:

  • Pacientes com problemas renais;
  • Pacientes com problemas hepáticos;
  • Pacientes em tratamento com remédios contra hipertensão;
  • Pessoas que estejam fazendo uso de algum tipo de medicamento;
  • Grávidas, lactantes, crianças e adolescentes.

 

A fim de evitar os efeitos colaterais e usufruir dos benefícios do magnésio dimalato, siga a dosagem recomendada e as instruções de uso do suplemento.

 

A dose diária recomendada de magnésio varia conforme a idade e sexo. Para adultos, a média varia de 260 mg a 400 mg/dia.

 

Veja quanto cada cápsula do suplemento contém de magnésio e de ácido málico. Sugere-se o consumo de 1 a 2 cápsulas ao dia, após as refeições. Ou conforme orientação do nutricionista ou médico.

Gostaram do artigo? Deixe abaixo seu comentário! Ele é muito valioso para nós!

Comments

  1. Emiko

    Muito esclarecedor este artigo,tenho sentido a pressão baixa e tomo medicamento para hipertensão,sinto letargia,as vezes problemas estomacais, tomo magnesium malate 2 capsulas de 625 mg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *